Golpe no JN foi como um “pum” fedido do Bonner na sua casa #SomosTodosDilma #GolpeNoJN

Luíz Müller Blog

Me disseram que o Jornal Nacional (JN) poderia fazer dois tipos de edições sobre a revista Veja para levar ao ar.

Uma seria a versão televisiva da revista, sensacionalista e alarmista, caso Aécio viesse bem nas pesquisas.

Mas TODAS as pesquisas vieram indicando vitória de Dilma. E não há JN nem Veja que mude isso na véspera.

Então o JN resolveu levar ao ar uma versão mais “light”, rosnando mais baixo.

Mas o JN fez uma matéria longa e confusa misturando um protesto convocado pela UJS (União da Juventude Socialista) com cerca de 200 pessoas na porta da Veja, sem nenhuma violência. O único dano do protesto foi pichações nos muros e placas da sede da Abril (editora da Veja) além de jogar lixo em frente ao portão, como ato simbólico. Tudo coisa pouco relevante. O JN não noticiou protestos no ano passado quando alguém jogou estrume na própria Globo…

Ver o post original 200 mais palavras

Anúncios

Sobre florencio1

um homem simples
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s