Empresário gaúcho sugere que Dilma venda tudo,inclusive a Amazônia e a ilha de Marajó para “salvar o Brasil”

Luíz Müller Blog

“Nós falamos para o Guido Mantega: ‘façam o que for preciso, vendam até o Amazonas e a ilha de Marajó se precisar, mas não deixem o país perder o grau de investimento’. Perder a posição de grau de investimento é uma calamidade pública.” (José Antonio Fernandes Martins, vice-presidente de Relações Institucionais da Marcopolo)

A Matéria abaixo é cópia fiel de matéria do Jornal “O Pioneiro” de Caxias do Sul, um Jornal do grupo RBS. O empresário da MarcoPolo, empresa de ônibus que fatura, e muito, por causa dos investimentos em Mobilidade Urbana, redução de impostos sobre ônibus e carros e outras benesses do governo federal e estadual, mostrou as garras e interesses do empresariado tupiniquim como capacho do capital financeiro internacional. O empresario não se apoiou nem na realidade de sua própria empresa, que continua crescendo e lucrando. Ele se apoiou numa nota dada por uma destas…

Ver o post original 615 mais palavras

Anúncios

Sobre florencio1

um homem simples
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s