Trensalão Tucano e o “esquecimento” providencial

Palavras Diversas

Justiça suíça avisou procurador De Grandis que, esquecido, deixou passar prazos por que guardou documentos em uma gaveta errada... Revista Isto É furou o bloqueio pelo agente do MPF e chegou a fatos estarrecedores Justiça suíça avisou procurador De Grandis que, “esquecido”, perdeu prazos por que guardou “documentos em uma gaveta errada”… Revista Isto É furou o bloqueio feito pelo agente do MPF e setores da grande imprensa e apurou fatos estarrecedores de corrupção na gestão tucana de São paulo

O que dizem para você, leitor, através dos meios de comunicação como sendo uma verdade absoluta, inquestionável ideia de razão e inteligência a ser defendida por todos, pode, e muitas vezes são, ser meras peça fantasiosa para convencê-lo a aderir a interesses de outrem, não os seus, verdadeiramente.

Pois bem, durante as manifestações de junho a grande imprensa propagou que as pessoas também saíram as ruas pela derrubada da PEC-37, a chamada “PEC da impunidade”, aquela que garantia a primazia das investigações por parte da Polícia Federal, e que, supostamente, alijava o Ministério Público do encalço dos investigados.

Com o “imortal” Merval Pereira na…

Ver o post original 682 mais palavras

Anúncios

Sobre florencio1

um homem simples
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s