A DR entre PSOL e Black Blocs ou a cara de pau de Raphael Tsavkko

bloglimpinhoecheiroso

Raphael_Tsavkko03 O cara de pau.

O quadro estava pintado desde junho. Com as manifestações cada vez mais violentas, a coisa não ia acabar bem. Agora tá lá um corpo estendido no chão. Foi preciso filmar um assassinato para comover aqueles que foram coniventes durante longos meses com a violência dos protestos. Parece até mentira, mas só agora os principais articuladores das manifestações perceberam que a coisa caminha pra um cenário ruim para todos.

Como já contamos em outras oportunidades, o PSOL, de fato, não possui relação direta com os Black Blocs e suas práticas violentas, mas também nunca fez questão de confrontá-los. Pelo contrário, muitos de seus dirigentes enxergavam certo glamour revolucionário na revolta dos jovens mascarados. É aquela coisa de mãe de criança mimada: “Não concordo com essa birra, mas sabe que até acho bonitinho? Não vou ficar repreendendo!”

Agora a coisa descambou de vez e o mundo…

Ver o post original 716 mais palavras

Anúncios

Sobre florencio1

um homem simples
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s