Espanha privatiza o sol. Proibido gerar energia para autoconsumo

Urbs Magna

Fonte: Elpais.cr | 2013-07-21 – Última atualização 28ago2015 13:10GMTEspanholAlemãoInglês

O sol foi privatizado na Espanha: se autoridades espanholas surpreenderem algum cidadão espanhol instalando placas de luz solar para consumo próprio poderão aplicar-lhe multa de até 30 milhões de euros.

privatização do sol ESPANHA2Na Espanha, as companhias de eletricidade morrem de medo de uma desestabilização do consumo de energia elétrica. Tornar-se livre do esquema energético vigente por lá pode custar muito caro. O sol agora é só para poucos privilegiados, como ex-presidentes e ex-ministros, que são conselheiros oficiais de empresas captadoras de luz solar. A União Espanhola Fotovoltaica (UNEF), que agrupa 300 empresas e representa 85% do setor, garante implantar placas solares por conta própria sai mais caro do que a forma convencional.

Porém, na Espanha, o sol foi privatizado sem a consulta aos seus cidadãos, ao sistema solar ou ao universo etcétera… A posibilidade de produzir tua própria eletricidade utilizando recursos renováveis —…

Ver o post original 673 mais palavras

Anúncios

Sobre florencio1

um homem simples
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s